Faça gestos simples


Hoje trago um livro inspirador e reflexivo sobre a humanidade ,sobre as coisas que acontecem em nosso redor e que as vezes não percebemos ou talvez tentamos ignorar, a um tempo atrás quando eu estava no ensino fundamental, a minha professora de língua portuguesa pediu que escolhêssemos um livro e falássemos sobre ele, e foi tão engraçado naquele momento porque meu grupo não tinha muitos livros impressos em casa, liamos mais pelo celular, e uma amiga minha tinha um o livro em casa chamado “O Vendedor de Sonhos: O Chamado”, ficamos pensando se aquele livro seria legal mesmo para o trabalho ,mais como não tínhamos muitas alternativas, então resolvemos escolher ele.
Então minha amiga me emprestou o livro, levei para casa e comecei a ler ,e no decorrer da leitura fui refletindo sobre aquele livro, que muito além de que uma simples história, havia realidade, auto ajuda e amor, um homem de identidade desconhecida que considerava o mundo moderno um hospício global, e que por onde passava tumultuava o ambiente ,e é da onde surgi uma pergunta será que ele é o mais louco dos seres ou um sábio? Uma história em que é possível rir, chorar, se enxergar e pensar muito.

Peguei um trechinho dele no Wikipédia, só para mostra o quanto este livro é especial e com certeza deve ser lido.

“O livro inicia com a tentativa de suicídio do alto do edifício San Pablo, onde o professor universitário Júlio César Lambert tenta atirar-se. Diversas pessoas se aglomeram em volta dele, para evitar essa terrível situação. Bombeiros, psiquiatras, psicólogos, policiais, todos se aproximam e tentam convence-lo a não fazer essa barbaridade. Mas as tentativas de nada adiantavam, até que um maltrapilho apareceu com suas simples e sabias palavras, conversando com o professor conseguindo salvar sua vida. A partir de então conviveu com este simples homem, que tinha a grande missão de vender sonhos. Cada caminho que eles percorriam encontravam novas pessoas, cada uma com seu devido problema em situações diferentes. Todos ficavam extasiados com as sabias palavras do maltrapilho passando a segui-lo. No grupo de discípulos tinha o alcoólatra Bartolomeu, porém muito sarcástico e bem humorado. O ladrão Dimas, mais conhecido como Mão de Anjo. O Salomão que sofria com uma doença psicótica compulsiva. E Monica, a linda modelo que sofria de bulimia, devido às exigências de sua profissão. Todos muito impressionados com as palavras do mestre (maltrapilho).O grupo se uniu e continuavam com a missão de seu mestre que era a de vender sonhos, todos eles baseados nos ensinamentos de Jesus Cristo, nos valores mais importantes da vida que é a alegria, a paz, a honestidade, etc. Valores esses que ao longo do tempo vem se perdendo cada dia mais. Mostrando para todos que o dinheiro, os bens materiais não são os mais importantes e quando idolatrados podem ser destrutivos. “


Já deu para ter um gostinho dele, não é mesmo? Espero que vocês leiam ,e comecem a pensar de como é bom falar palavras confortantes a alguém ,dizer um eu te amo, abraçar ,se diverti, aproveitar momentos felizes ,pois é raro vê gestos de amor e paz, aonde acontecem coisas terríveis a cada minuto ,então não perca as oportunidades de dizer coisas simples ou fazer gestos recíprocos a alguém, aproveitem com a pessoa que está ao seu lado, filha, neto, esposa, qualquer pessoa.
Além do livro “O Vendedor de Sonhos: O Chamado” a suas sequências “O Vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anônimos” e “O Semeador de Ideias”.


Comentários

Postagens mais visitadas