Livro: Cristão homoafetivo? Um olhar amoroso à luz da Bíblia


Oi gente, tudo bem? Que livro temos aqui, hen!
Recebi esse livro da Editora Mundo Cristão e estou em choque. Que livro incrível! Antes da resenha, quero agradecer a Editora e a LC Assessoria pelo livro. Muito obrigada por confiarem em mim pra fazer essa resenha. E aí, vamos a resenha?



Pensei em várias formas de como começar essa resenha, mas nenhuma forma seria o suficiente pra falar de uma maneira que vocês entendessem o que esse livro quer falar. Falar sobre homossexualismo hoje em dia nas igrejas e no meio cristão é algo difícil de se ver. Muitas vezes não é falado justamente porque os líderes não sabem como agir, aconselhar e conversar sobre isso. E essa é a proposta do autor no livro, ensinar, falar abertamente sobre esse assunto. Como é falado na sinopse, aconselho você a terminar de ler todo o livro pra tomar uma opinião ou sentindo.

O livro começa falando de uma história de uma família de cristãos: Roberto, casado com Rose, eles vinham de famílias que poderia-se dizer serem cristãs, mas certo dia, o pai de Rose reuniu a família para falar que tinha um filho fora do casamento. O pai de Rose era líder dos diáconos. Tempo depois, o irmão de Roberto, Claúdio, reuniu a família para anunciar seu divórcio e comunicar que, havia algum tempo, estava vivendo com outro homem como seu parceiro afetivo. Uma grande tempestade na família os dois estavam vivendo. Roberto e Rose ficaram chocados e perplexos. E claro, a igreja também. O irmão de Roberto era líder do ministério com casais jovens. Por sete anos havia dirigido retiros de casais, estudos bíblicos sobre casamento, aconselhado casais na iminência do divórcio. Logo a igreja que a família fazia parte sentiu o impacto das revelações. E logo começaram a se perguntar se aqueles ensinos que eles deram eram verdadeiros. E claro, como toda a igreja tem, logo apareceram aqueles que falaram: "Crucifique-os!", "Eles mancharam o nome da igreja na cidade". E também havia um outro grupo de pessoas que se perguntaram: "E agora? Como podemos ajudar?", " E se fosse comigo, como eu gostaria de ser tratado?". "As famílias estavam doentes e precisavam de ajuda. A igreja também estava doente, e uma igreja doente não como expressar graça. Por isso sente-se impelida a punir" diz o autor. Logo após saber de tudo isso, um amigo chamou, Claúdio para conversar e aconselha-lo. O amigo era um pastor de outra igreja e logo na primeira conversa perguntou e ele: "Você sabe o que a Bíblia fala sobre a homoafetividade?"

Baseada nessa história o autor do livro, fala para seus leitores de forma bem aberta sobre o que a Bíblia diz a respeito da prática homossexual. O que Deus fala sobre isso, a maneira de aconselhar, a verdadeira história de Davi e Jônatas, tão citada pelos homoafetivos como algo que "Deus aceita". O livro inteiro é baseado em textos bíblicos. Ou seja: não é invetado, nem opinião do autor, mas sim sobre o que DEUS revela a nós sobre esse assunto.


MINHA OPINIÃO

A prática homossexual não vem de hoje. No livro de Gênesis já se falava dessa prática. Nos livros de Romanos, Coríntios e Timóteo fala sobre essas práticas. Ou seja: não é algo inventado, é algo que Deus já havia falado a muito e muitos anos atrás. Hoje em dia no Brasil, existem muitos homoafetivos. Então falar desse assunto e principalmente um cristão falar sobre esse assunto virou um tabu gigante. É um assunto delicado, que infelizmente, muitos cristãos não sabem como falar, como se expressar, como aconselhar e acabam criando situações constrangedoras. O amor de Deus com a humanidade é independente de raça, língua, cor, sexo. Deus ama a todos de forma incondicional. Lisânias Moura conta que Deus criou o homem e a mulher e um foi feito pra completar o outro. A criação mais extraordinária que Deus fez, foi o homem, o ser humano. Todos os pecados são uma ofensa a Deus. Mas a homoafetividade afeta diretamente o conceito da criação do homem e a concepção do casamento e os propósitos de Deus para ele. A história que se passa no livro é de um homem que cometeu adultério e outro homem que anuncia que está tento relações com outro homem, e o mais grave: eles eram cristãos, ocupavam cargos na igreja. O autor conta no livro algo interessante que me chamou muita atenção: "Uma vez que resolvemos seguir Jesus, atos como adultério, roubo, calúnia, compulsão por álcool e práticas homossexuais não podem mais fazer parte da experiência de vida do discípulo de Cristo". Existem vários textos citados no livro pra vocês conferirem, que Deus abomina essa prática. E também existem textos que mostram o porque do cristão não viver essa prática. Quando nós conhecemos o amor de Deus e vivemos esse amor, sabemos que a prática homossexual, os pecados do adultério, imoralidade sexual, roubo, calúnia, entre outros, não agradam a Deus, e não agradando a Deus, eu não posso pratica-las. Só um ser convertido de verdade sabe que não pode agradar a dois senhores. Não se pode agradar a Deus, e agradar o próprio corpo com coisas da carne, que nos façam pecar. Isso é muito sério.

O livro é muito profundo. Aconselho que se vocês forem ler, leiam devagar, pra poder assimilar tudo o que tá escrito. Aprendam, se informem, leiam, leiam principalmente a Bíblia. Quando eu comecei a ler esse livro, vi que era muito mais profundo do que eu imaginei. Abriu minha mente pra várias coisas, principalmente para a grandeza e soberania de Deus. É um livro muito lindo. Se você for líder de jovens, ou de algum outro cargo na igreja, leiam também. Nós precisamos fazer a diferença no mundo. Precisamos ser luz. Não estou dizendo pra você se afastar de homossexuais, nem trata-los com indiferença, não façam isso, por favor. Acheguem-se a eles, ensinem sobre o amor de Deus, sobre o plano de criação de Deus pra a humanidade. Sobre o amor de Jesus, e a prova de amor mais linda já vista, que foi a sua morte. Façam isso. Não sejam cristãos medíocres que agem com impiedade, com ódio e raiva. Mas seja um transmissor do AMOR de DEUS na vida daqueles que precisam.


Ficha técnica
Autor(es): Lisânias Moura
Editora Mundo Cristão
Páginas: 208
Formato: 14x21 cm
Categoria:Cristianismo e sociedade
Lançamentos
Ano: 2017
ISBN: 978-85-433-0230-0
Cód.Barras: 9788543302300

Onde Comprar

Site Mundo Cristão  |  Saraiva  |  Fnac


Esse livro é um livro muito interessante. Fala como lidar com a homossexualidae, entre outros assuntos, à luz da Bíblia, de maneira simples e de fácil entendimento. Eu acredito que esse livro será uma fonte poderosa pra ajudar na discussão desse assunto, mostrar o amor infinito de Deus, dos vários exemplos do acolhimento de Jesus a todos e da demonstração da graça do Espírito Santo. Pra vocês terem noção do quanto esse livro é interessante, eu marquei as partes que eu achava mais interessante. E eu NUNCA faço isso em livro nenhum. Ou seja: é bom mesmo. Pra vocês que são cristãos e que se sentem atraídos por essa prática, leiam à palavra de Deus, orem, se não conseguirem orar sozinhos, orem com alguém em que você confia, que seja maduro na fé o suficiente pra te ajudar, leiam o livro e estejam abertos a ouvir a voz de Deus. Se quiserem conversar comigo, podem me mandar inbox, direct, etc, estou aqui pra te ajudar no que for preciso. Ah! E se quiserem saber o que houve com o Claúdio...é só ler o livro! ;)

Aos que leem essa resenha com uma opinião diferente de tudo isso que escrevi: não posso fazer nada! rsrs do mesmo jeito que nós, cristãos, respeitamos a posição de vocês, respeitem a nossa. Não aceito comentários de falta de respeito e ataque à minha pessoa, ou a quem eu sirvo e adoro, e seu comentário, sendo ruim e mal intencionado, irei apaga-lo. 

Mais uma vez, obrigada Editora Mundo Cristão por esse livro sensacional.

Até o próximo post! <3
Fiquem com Deus

Comentários

  1. Arrasou,Amiga. Próximo mês já vai pregar lá na igreja rsrs Deus te abençoe e continue a te usar! ❤️����

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha. Parabéns! Vou comprar o livro!! 💙

    ResponderExcluir
  3. olá Suki!!
    eu voltei pra Cristo há um bom tempo e essa é a minha luta. luto contra os meus desejos homoafetivos e já busquei bastante em oração libertação, mas até hoje não veio. Não veio porque é errado pedir esse tipo de libertação? Deus quer me deixar assim? Eu estou pedindo errado? eu já pensei em várias vezes tirar minha própria vida, só pra calar de uma vez por todas esses sentimentos que sinto. Peço oração por mim e buscarei ler esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Não fique assim, por favor. Deus lhe ama acima de qualquer coisa. Acabar com a sua própria vida não resolveria as coisas. Faz o seguinte, me manda um email e a gente conversa melhor sobre isso. Pode ser? O email é: contatodiariodasuki@outlook.com eu vou te ajudar, e te responder algumas perguntas que eu puder responder, ok? Vamos conversar. Espero teu contato.

      Excluir
  4. Mateus carta de 5 á 7 pede que não julgues, pois você é filho de Deus do mesmo jeito.
    Deus é amor!
    A identificação de Gênero acontece quando você ainda é criança.
    Problemas na família, famílias desestruturadas , uma pessoa mais sensível que não entendeu o amor do pai ou da mãe, na verdade não sentiu este amor dos pais por parte do mesmo sexo, auto estima baixa, problemas na adolescência, pronto você já tem itens para se tornar um homossexual. Freud diria: um pai ausente e uma mãe controladora, também faz isso.
    A Igreja Batista da Água Branca em São Paulo, tem um trabalho para os que querem deixar a homossexualidade. O culto é na quarta feira e após o culto você conversa com os conselheiros.Eu estudo homossexualidade faz algum tempo e percebo isso nos seres humanos.
    Se alguém te fez mal, você precisa perdoar, pois este perdão será uma presente pra você se libertar. A Graça e paz, boa sorte, forte abraço e tenha fé.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom o teu comentário. Obrigada pela explicação. Não sabia que existia uma igreja que fizesse isso. Que coisa linda! Ótimo saber disso, vou procurar mais a respeito.
      Muito obrigada. Deus te abençoe.

      Excluir
  5. Oi. Ainda responde?? Me indicaram esse livro. Estou muito chateada comigo mesma pq n sei se vou a um casamento homossexual de um parente meu. N sei se eu for eh desagradável aos olhos de Deus, já q Ele n se agrada da prática. Ou se eu for demonstra amor pela pessoa e n prática.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa, tudo bom? Respondo sim rsrsrs olha, é muito complicado né? Mas na minha visão, eu não iria. Você ir a um casamento como convidado ou testemunha, é celebrar a união daquelas duas pessoas, é comemorar aquilo. E ir a um casamento homossexual, tendo em vista no que cremos e acreditamos e o principal, o que Deus acha sobre isso, não acho que seja correto. Se a pessoa sabe a sua posição, conversa com ela antes pra explicar o que você acha e o que você crer, mas que o seu amor, admiração e respeito pela pessoa não tenha acabado por causa da situação. Super indico esse livro pra você ler, pois assim, você aprende mais sobre o que a Bíblia diz a respeito desse assunto. Espero que tenha te ajudado.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas